PRECISA-SE DE UM AMIGO


Preciso de um amigo, um amigo irmão.
Um amigo no sentido geral da palavra,
que me faça rir ou chorar de alegria.
Quero um amigo, que aceite minhas fraquezas,
me olhe nos olhos e saiba tirar a insegurança
do meu coração.
Que me leve à enxergar meus erros com ternura,
e me ajude a concertar as bobagens que faço.
Que me olhe como ser (humano), ofereça seu
ombro sem se preocupar com a hora que passa da hora.
Que caminhe comigo na estrada da sinceridade
Que me ouça o que eu quiser falar sem me cobrar
nada em troca, nem explicações.
Quero um amigo para lembrar com carinho,
para guardar no meu peito, para leva-lo comigo
ao parque, ao barzinho, ao trabalho.
Preciso urgentemente desse amigo, para ouvir
meus segredos e guardar só pra si.
Para me apoiar nas loucuras, para me puxar
de volta à terra.
Onde está você meu amigo?
Quero colo, quero chorar, quero sorrir,
quero viver com você.
Aqui do meu lado.

Um comentário:

Rita de cassia Souza disse...

Que lindo minha amiga!!!
Parabéns pelo o belo poema!
Beijos!!